PORQUÊ CORVINA?

Modelos de crescimento e rações adequadas garantem a produção de corvina saborosa e de elevada qualidade nutricional.

A corvina (Argyrosomus regius) é uma espécie emergente em aquacultura caracterizada pelo seu tamanho elevado, teor de gordura reduzido, e boa eficiência de processamento. Os peixes desta espécie mantêm um peso elevado após a remoção das porções não comestíveis, e apresentam baixo teor lipídico muscular, características que contribuem para a conservação da corvina em condições adequados por um longo período. O tamanho comercial é atingido rapidamente (2.5 kg em 24 meses, dependendo das condições de cultivo), pelo que a corvina apresenta excelentes índices de conversão de alimento.

Bastante procurada pelos consumidores, a corvina tem elevada aceitação na cozinha Japonesa e atinge preços elevados nos mercados asiáticos para a confecção de maw (bexiga natatória desidratada).

É expectável que a corvina cresça mais rapidamente em condições de cultivo devido à optimização dos seus parâmetros de crescimento.

Uma vez que não existem dados relativos ao cultivo de corvina em RAS, a realização de estudos técnicos e científicos é crucial para os adquirir e para verificar a sua performance neste sistema de cultivo. A SEAentia desenvolverá estes estudos de forma continuada numa unidade de cultivo piloto, onde serão optimizados todos os parâmetros relativos ao cultivo de corvina, incluindo qualidade da água, ração e sua utilização, e comportamento, entre outros aspectos.